Governador assina marco regulatório da inovação na Campus Party Goiás

Governador assina marco regulatório da inovação na Campus Party Goiás

Ronaldo Caiado visitou a exposição que espera cerca de 40 mil participantes e lançou o programa Centelha, que prevê bolsas para o fomento de ideias inovadoras que podem se tornar negócios de sucesso.

O governador Ronaldo Caiado assinou, na noite desta quarta-feira (4/9), o Marco Regulatório da Inovação do Estado de Goiás ao participar, ao lado do vice-governador Lincoln Tejota, da abertura oficial da Campus PartyGoiás. Durante discurso, Caiado ressaltou que quer transformar Goiás em um Estado que fomenta cada vez mais a tecnologia e a inovação brasileira.
“O decreto do Marco Regulatório da Inovação vai fazer com que as empresas se sintam confortáveis em vir para o Estado. É uma maneira de dizer que Goiás quer ser exatamente o habitat do desenvolvimento da ciência, da tecnologia e da inovação”, ressaltou Caiado.
O governador também lançou o programa Centelha, executado em parceria com o Governo Federal, que tem o objetivo de estimular a criação de empreendimentos inovadores a partir de ideias originais e disseminar a cultura do empreendedorismo no Estado. O programa oferecerá capacitação, recursos financeiros e suporte para a transformação projetos em negócios de sucesso.
“O Estado de Goiás será responsável por um terço do pagamento do programa Centelha. Aquele que tiver classificado vai receber a bolsa. O Governo Federal será responsável por dois terços”, explicou. Ronaldo Caiado ainda informou que, com apoio da Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco), Goiás ganhará mais investimentos em tecnologia e inovação. “Vamos montar 15 laboratórios de ciência, inovação e tecnologia nos municípios mais carentes do Estado. As crianças irão lá estudar e trabalhar e terão as mesma oportunidades de quem mora na capital”, garantiu.
O secretário de Desenvolvimento e Inovação (Sedi), Adriano Rocha Lima, agradeceu o aval do governador para se empenhar em trazer o evento para Goiás e reforçou que o Estado trabalha para se tornar uma referência em tecnologia. “Nosso grande objetivo com esse evento e outras iniciativas é aproximar as ideias boas, garantir que o empreendedor tenha espaço para desenvolver toda o seu projeto com o apoio necessário.” E completou: “Não é fácil criar uma empresa, mas com apoio as chances são muito maiores de dar certo”.
O presidente do Instituto Campus Party, Francesco Farruggia, elogiou o governador, que fez o desafio para a criação de uma plataforma capaz de testar a transparência do Estado. “É o único governo que fez um desafio para a transparência da sua gestão. É um bom sinal para a garotada fazer um governo transparente”, destacou.
O diretor-geral da Campus Party, Tonico Novaes, fez um tour com o governador por toda a feira e mostrou o acampamento dos campuseiros. Além disso, o evento também conta com um estande do Goiás Empreendedor, que disponibiliza crédito para empresas iniciantes ou que buscam ampliação.
Conforme a secretária de Educação, Fátima Gavioli, aproximadamente 3 mil estudantes da rede estadual de ensino participarão da Campus Party Goiás. “As expectativas são as melhores possíveis. Vamos trazer uma grande quantidade de alunos que se identificam com essa feira, com esse momento e que têm interesse em desenvolver programas e projetos voltados para as tecnologias”, informou.
O evento A expectativa é de que a Campus Party Goiás receba 40 mil participantes desta quarta-feira a domingo (8/9), no estacionamento do Passeio das Águas Shopping. Além disso, no local do evento estão instaladas 1,5 mil barracas, de campuseiros que vieram para dormir em Goiás. É a primeira vez que a Campus Party, maior evento de imersão tecnológica do mundo, é realizada em Goiás.
Também participaram do evento os secretários de Estado Fátima Gavioli (Educação), Rodney Miranda (Segurança Pública), Antônio Carlos Neto (Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Valéria Torres (Comunicação); os presidentes José Roberto Borges da Rocha Leão (ABC) e Sílvio Fernandes (Ipasgo); a diretora da OVG, Adryanna Caiado (diretora da OVG); os deputados estaduais Cairo Salim e Virmondes Cruvinel; além de vereadores por Goiânia.

 

Fonte retirada de: http://portal.newsnet.com.br/portal/campus/clipping.jsp?cod_not=2514668&cod_cli=185&cod_edi=3939&cod_prod=241&cod_assi=263

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.